Os efeitos da depressão “Elsa” começaram-se a fazer sentir, de forma mais veemente, ainda na passada quarta-feira, um pouco por todo o distrito de Viana do Castelo. Além de queda de árvores, ocorreram, também, inundações e remoções de estruturas em perigo de queda.

Em Ponte da Barca, um aluimento de terras isolou o lugar de Ruivos, situação entretanto já normalizada. Este deslizamento provocou, ainda, danos na vedação e em algumas sepulturas de um cemitério.

Na Areosa, em Viana do Castelo, uma viatura ficou retida num viaduto, devido à agua da chuva que se havia acumulado. Esta situação exigiu a retirada dos ocupantes pelos bombeiros.

Em Ponte de Lima,  a queda de um andaime no Largo de Camões provocou alguns danos em estabelecimentos comerciais desta mesma praça.

Em Monção, os parques das Caldas e da Lodeira também sofreram inundações, forçando a Câmara Municipal a proibir o acesso a estes parques. Já na terça feira o rio Minho tinha inundado o rés do chão do edifico do antigo balneário termal. Contudo, fonte dos bombeiros garantiu à Lusa que a situação deste rio estava “controlada”.

Contudo, o rio Lima apresentava um caudal muito acima do habitual, provocando ameaças de cheia, tanto em Ponte da Barca, como em Ponte de Lima.

Já na quinta feira, em Arcos de Valdevez, a queda de uma árvore de grande porte interrompeu, durante algumas horas, a circulação rodoviária no centro da vila, tal como provocou danos materiais na zona do campo do Trasladário.

Também na quinta feira, a EDP Distribuição incluiu Viana do Castelo entre os distritos mais afetados pela interrupção de fornecimento regular de energia elétrica. A mesma fonte não conseguiu precisar um número concreto de habitações afetadas, uma vez que se trata de uma “situação evolutiva”.

Em todo o país, registaram-se cerca de sete mil ocorrências até as 12h00 desta sexta-feira, tal como dois mortos e um desaparecido, e ainda 77 desalojados. A Proteção Civil alerta para um agravamento do estado do tempo até às 20h00 desta sexta-feira, sendo expectável uma “normalização” após esta hora.