As ruas de Viana do Castelo vão acordar, sábado, com um ‘cheirinho’ às Festas d’Agonia, através de códigos de barras bidimensionais (QR Code) espalhados pela cidade com conteúdos multimédia através do site oficial, para uma edição que será sentida, à distância, para prevenir a transmissão da covid-19.

O programa de 2020 arranca sábado, 01 de agosto, com exposições fotográficas nos pontos principais da festa, permitindo através de QR Code visualizar no telemóvel conteúdos sobre os quadros emblemáticos que, habitualmente, se realizam naquele local e que também ficarão disponíveis na página de Internet criada para o efeito, em www.festasdagonia2020.com .

Os QR Code, para descarregar os conteúdos multimédia, serão colocados na Praça da República, alusivos à revista dos gigantones e cabeçudos, no Passeio das Mordomas, sobre o tradicional Desfile da Mordomia. Ainda no Largo de São Domingos, com conteúdos multimédia sobre os Tapetes de Floridos e a Procissão Solene, na Alameda da Sr.a da Agonia, sobre a Procissão ao Mar, na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra sobre o Cortejo Histórico-Etnográfico e no Largo da Estação sobre o desfile “Vamos para o Festival”.

“Apesar das contingências impostas pela pandemia, vamos conseguir concretizar um programa que, sendo diferente, é interessante. Sabemos que não é a mesma coisa, mas é a responsabilidade perante esta situação que faz desta a única solução possível”, explicou António Cruz, presidente da comissão de festas da Senhora d’Agonia.

O objetivo é complementar as exposições com a possibilidade de descarregar os conteúdos multimédia de uma festa que em 2020 acontece em moldes diferentes.