A GNR deteve dois homens em Vilar do Pinheiro, concelho de Vila do Conde, suspeitos de burlas com trocos “em todo o tipo de estabelecimentos comerciais”. A investigação durava há cinco meses, tendo os suspeitos sido detidos “em flagrante delito”, pelo Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos. Este tipo de burla era uma “atividade recorrente” por parte dos suspeitos, nomeadamente em cafés, restaurantes, farmácias, lojas de animais e supermercados. A GNR acrescenta que os detidos, de 34 e 69 anos, têm antecedentes criminais por tráfico de droga, injúrias, agressão, roubo, furtos em supermercados, burla e burla qualificada a idosos e praticam este tipo de crimes desde 2006 nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Lisboa e Faro.