Escola do Rock de Coura partilha experiências em projeto europeu

A Escola do Rock de Paredes de Coura participou na iniciativa “Train the Trainers”, do projeto Play2Grow, que reúne parceiros como o Município de Tomiño, SFOM- Scuola di Formazione e Orientamento Musicales, EOSA e Space Ensemble, contando também com os convidados externos Orquestra SondeSeu, de Vigo, o SoL Music Network, de Madrid, a Fundação Paideia da Coruña, a Associação Ecoembes de Madrid, e o Estúdio Bonobo, em Pontevedra, como projetos inovadores e de sucesso.

Esta iniciativa, que decorreu ao longo da semana, entre 16 e 20 de novembro, sempre online, teve por objetivo a formação dos youth workers, de maneira a promover competências e habilidades essenciais que possam ser transmitidas através da música, nas suas escolas e organizações.

Ao longo da semana, parceiros e convidados externos apresentaram e promoveram as suas boas práticas relacionadas com o projeto, fomentando assim o espírito de partilha e discussão, permitindo a todos aprender novos métodos de ensino e formas de trabalhar. As doze práticas foram divididas segundo os temas Boot Camps, Métodos Musicais, Programas de Aceleração e Management de Bandas, e Inclusão através da Música, com o último dia do “Train the Trainers” dedicado à discussão geral dos tópicos e partilha de conclusões.

Assim, no primeiro dia do projeto foi apresentado o ‘Summer Camp’, de Aosta, Itália, bem como o ‘Summer Camp e Musical Camp de Tomiño’, Espanha. O segundo dia foi dedicado aos métodos de ensino, começando com a SFOM, de Aosta-Itália, que apresentou o Método Suzuki, e o SFOM Pop&Rock Workshop da SFOM. Por sua vez, a Orquestra SondeSeu, de Vigo, deu a conhecer o trabalho desenvolvido ao longo dos anos.

O terceiro dia do “Train the Trainers” começou com a presença da SoL Music Network, de Madrid, e a Fundação Paideia, que deram a conhecer as estratégias para a promoção de bandas/eventos musicais. O dia terminou com dois projetos portugueses: a Escola do Rock e o seu Programa de Bandas Residentes, apresentados por Nuno Alves. O último dia de promoção das boas práticas foi dedicado à inclusão, começando com o projeto ‘Música del Reciclaje’, da Ecoembes, em Madrid, uma orquestra inclusiva que usa instrumentos reciclados. Já os Estúdios Bonobos, de Pontevedra, deram a conhecer o Projeto ArteCalavera, numa sessão que terminou com as iniciativas Troca de Instrumentos e Ensemble de Clarinetes de Goián, de Tomiño.

Com este “Train the Trainers”, do projeto Play2Grow, foi possível proporcionar uma grande partilha de conhecimentos, em que foram debatidos projetos e formas de trabalhar, sempre com o objetivo, por parte dos youth workers, de inclusão de novos métodos de ensino, trabalho, e novos projetos, nas suas respetivas escolas e organizações.

 

 

Facebook
Follow by Email

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*