IPVC e Município de Melgaço oficializam projeto NUTRIR

0
315

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo apresentou oficialmente o Núcleo Tecnológico para a Sustentabilidade Agroalimentar (NUTRIR) ID&I, que ficará sediado na Escola Superior de Desporto e Lazer, em Melgaço. Criado em parceira com a Câmara Municipal de Melgaço, o projeto conta já com a colaboração de duas bolseiras de investigação.

O Núcleo Tecnológico para a Sustentabilidade Agroalimentar (NUTRIR), a instalar no concelho de Melgaço, com orientação científica do CISAS – Centro de Investigação e Desenvolvimento em Sistemas Agroalimentares e Sustentabilidade do IPVC – tem como missão a caracterização territorial, avaliação das potencialidades e condicionalismos das principais atividades agrícolas da região e a vitivinicultura e a produção animal numa perspetiva de investigação, desenvolvimento e qualificação para suporte à inovação empresarial, dinamização económica e promoção da sustentabilidade territorial.

Na oficialização do NUTRIR estiveram presentes o Presidente do IPVC, Carlos Rodrigues, que realçou a importância deste projeto não só para a instituição, mas para a região do Vale do Minho e área transfronteiriça.

Nuno Brito, coordenador do projeto, reforçou a mensagem do presidente do IPVC, destacando a importância de o projeto Nutrir como uma alavanca para os produtos endógenas da região, sendo potenciador de empreendedorismo, e de ser catalisador de investigação e inovação.

O Presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, sublinhou a importância do trabalho em rede, não só neste como em outros projetos, que tenham como foco o desenvolvimento das regiões.

Já a Ministra da Coesão igualmente presente na sessão pediu dinamismo nos projetos e às instituições envolvidas de forma a trazer e dar vida às regiões. Ana Abrunhosa considera que só com este género de parcerias se consegue a dinamização do território.