Centro de Informação da Geodiversidade já abriu no Santuário da Peneda 

O Município de Arcos de Valdevez abriu ao público o novo Centro de Informação da Geodiversidade no Santuário da Peneda. Este projeto permite tornar Arcos de Valdevez num grande centro informativo, onde estão identificados e interpretados um conjunto diverso de valores naturais, destacando a geologia e geomorfologia e a sua relação com os restantes valores naturais presentes. 

Este projecto correspondeu a um investimento superior a 342 000 00 euros, com comparticipação comunitária de 291.171,75 euros. “Com este projeto, o Município pretende desafiar a população escolar e turística a explorar, partilhar e refletir sobre as várias temáticas do ambiente, contribuindo, em simultâneo, para a promoção e sensibilização ambiental dos cidadãos, o estudo de temáticas ligadas ao ambiente, e a promoção da Reserva da Biosfera do PNPG – Parque Nacional Peneda Gerês”, referiu a autarquia, em comunicado.

Do ponto de vista expositivo o Centro de Informação Geovaldevez tem no seu exterior um equipamento multimédia com ecrã “toutch” que permite o acesso à informação institucional do município, tirar fotos e aceder às informações turísticas atualizadas do concelho de Arcos de Valdevez. No interior do Centro de Informação está um espaço expositivo com algumas amostras representativas dos granitos que é possível encontrar na região, uma maquete tridimensional do concelho de Arcos de Valdevez e um equipamento de visualização de conteúdos tridimensional. O equipamento de visualização de conteúdos tridimensionais é constituído por uma cadeira giratória emparelhada com óculos de visualização tridimensional que permite a visualização de conteúdos 3D. O emparelhamento da cadeira com os óculos permite que o movimento da cabeça do utilizador comande o movimento giratório da cadeira aumentado desta forma o realismo da visualização. 

Ao todo, esta operação incluiu a criação de um Plano Geoeducacional, o desenvolvimento de um Atlas da Geodiversidade, a elaboração de Conteúdos para a Valorização de Percursos Pedestres, bem como, Conteúdos Digitais para Visitação Virtual. Para além disso, suportou ainda o desenvolvimento de uma Aplicação Móvel (App) e de um Portal de Internet de última geração, dedicada à geodiversidade, ao património geológico, faunístico e florístico de Arcos de Valdevez. Constou ainda no projeto a elaboração de um documentário de curta duração, a execução de painéis interpretativos, unidades interativas 3D, postos interativos tácteis, placas sinalizadoras e interpretativas, com conteúdos de suporte à visitação e execução de estruturas para colocação de código QR.