Caminha criou um “Coro das Velhas” que vai cantar com Sérgio Godinho

Caminha vai comemorar o Dia Mundial da Música com um espetáculo de entrada gratuita que vai juntar em palco Sérgio Godinho e o “Coro das Velhas”, um projecto que envolve cerca de uma centena de pessoas, de todas as freguesias do concelho, maioritariamente idosas. O espectáculo está agendado para o dia 1 de outubro, pelas 21:30 horas no Pavilhão Municipal de Caminha – Fernando Lima. A entrada é gratuita, mediante levantamento obrigatório de bilhete nos Postos de Turismo de Caminha e Vila Praia de Âncora.

“Vamos cantar o coro das velhas! / Ia eu pelo concelho de Caminha /Quando vi sentada ao sol uma velhinha” – estas são as três primeiras frases da letra de “Coro das Velhas”, um original do multifacetado músico português, que aceitou mais este desafio de cantar com pessoas desconhecidas (ou quase, porque já houve encontro para ensaio), que na sua esmagadora maioria nada sabem de música.

“Nos projetos do Município havia há muito o desejo de mobilizar a comunidade e relacioná-la com artistas consagrados, proporcionando atividades de inclusão através da cultura. A oportunidade acabou por surgir graças ao flagelo da Covid, que permitiu encontrar financiamento para o formato idealizado pela Câmara e envolver os mais vulneráveis, os mais isolados, incluindo pessoas com situações mais difíceis de acautelar nas freguesias. Tornar público um projeto nestes moldes era também um desejo e tudo acabou por encontrar acolhimento no projeto “Cultura para Todos” – NORTE 2020, que disponibilizou financiamento”, explicou a autarquia.

A partir daí, e com o foco em Sérgio Godinho, desenvolveu-se todo um trabalho de mobilização ao nível das freguesias e constituiu-se um grupo de cerca de uma centena de pessoas, que se têm reunido ao serão, para ensaiar, sob a orientação musical da Academia de Música Fernandes Fão. Sérgio Godinho participou num dos últimos ensaios e mostrou-se agradavelmente surpreendido com o grupo.