Repsol foi distinguida como “melhor loja” e “marca recomendada” em Portugal

0
514

A Repsol, empresa ibérica líder no sector energético, foi novamente premiada, pelo quarto ano consecutivo, como “A Melhor Loja de Portugal” na categoria de Posto de Abastecimento de Combustível, e arrecadou pela quinta vez o título “Marca Recomendada do ano”, consolidando, assim, a sua posição como referência no mercado nacional e fortalecendo a sua relação de confiança com os seus clientes.

O prémio “A Melhor Loja de Portugal” é o maior prémio nacional dedicado ao retalho alimentar e não alimentar e visa premiar o que de melhor o retalho pode oferecer tanto a nível das lojas físicas como digitais.

Já o prémio “Marca Recomendada do ano”, atribuído pelo Portal da Queixa e pela Consumers Trust, reconhece as marcas que obtiveram a maior média de Índice de Satisfação na sua categoria, com a melhor performance no Portal da Queixa, ao longo dos últimos 12 meses.

A juntar a estes títulos, a Repsol recebeu pela oitava vez consecutiva o prémio “Escolha do Consumidor” na categoria de “Estações de Serviço”, bem como o prémio “5 Estrelas” em “Melhor Posto de Abastecimento de Combustível”, garantindo o pódio nos principais sistemas de avaliação de marcas.

“Este prémio reforça a confiança para seguirmos com os projetos que temos em curso e deixa-nos ainda mais orgulhosos e motivados para continuar a inovar e a entregar a máxima qualidade nos nossos produtos e serviços, mantendo o cliente como elemento central da nossa estratégia multienergética”, considerou Marcos Madeira, diretor das Estações de Serviço da Repsol Portuguesa.

“Este galardão motiva-nos para continuar a trabalhar arduamente, de forma a atender as necessidades dos nossos clientes. Este prémio é dedicado a eles, e continuaremos a investir em novas tecnologias para atendê-los da melhor forma”, completou Armando Oliveira, administrador-delegado da Repsol Portuguesa

A multienergética destacou ainda a dedicação e o trabalho diário dos seus colaboradores, para garantir a satisfação dos consumidores.