Crianças de Vila Verde constroem “Quinta da Re-Descoberta”

0
832

Numa demonstração de grande criatividade e imaginação, foi inaugurada a exposição ‘Quinta da Re-Descoberta’, com trabalhos das crianças do ensino básico e jardins de infância do concelho de Vila Verde, refletindo a reutilização de materiais e a defesa do meio ambiente na atividade agrícola e no mundo rural. Patente no edifício dos Paços do Concelho até  ao final deste mês, a exposição resulta do trabalho desenvolvido no âmbito do Projeto ‘Escola+Verde’ e do Programa Regime de Fruta Escolar, numa iniciativa promovida pelos serviços municipais de educação e dos agrupamentos escolares.

“Estamos perante verdadeiras obras de arte. São trabalhos de excelência e que comprovam o sucesso do projeto Escola + Verde para a educação e a valorização de comportamentos ambientais junto das novas gerações e que se estende às famílias e população em geral”, destacou a presidente da Câmara Municipal, Júlia Rodrigues Fernandes.

A autarca destacou o impacto dos resultados cada vez melhores e mais evidentes do Projeto Escola+Verde, uma iniciativa pioneira lançada há 14 anos. Desenvolvido pelo Município de Vila Verde, o projeto está implementado em todos os estabelecimentos do 1º ciclo e do pré-escolar do concelho.

Na ‘Quinta da Re-Descoberta’, as crianças foram desafiadas a criarem, com recurso a materiais de desperdício, espaços e atividades próprias de uma quinta, como a lavoura, a horta, o pomar, os animais, o moinho, árvores, arbustos e agricultores. 

A inauguração da exposição contou ainda com a participação dos vereadores Manuel Lopes e Michele Alves, assim como dos diretores dos agrupamentos e responsáveis escolares, incluindo do Colégio Dom João de Aboim, que participou pela primeira vez no projeto Escola + Verde.

Confiante no aumento das Bandeiras Verdes a distribuir pelas escolas do concelho, a presidente da Câmara congratulou-se pelo papel determinante que as novas gerações têm assumido para a sensibilização da população em geral para comportamentos ambientais mais responsáveis, desde a separação de resíduos reciclagem à reutilização e combate ao desperdício.

No Projeto Escola+Verde, o principal objetivo é promover uma cidadania ativa e participativa, valorizando ações de sustentabilidade desenvolvidas por cada escola, sendo já considerado parte integrante das suas rotinas diárias.

Pretende-se fomentar uma nova consciência que sirva de base para um concelho cada vez mais comprometido com as questões ambientais, contribuindo para uma melhor preservação e gestão dos recursos naturais existentes e promovendo a adoção de práticas sustentáveis.

O Regime de Fruta Escolar (RFE) resulta de uma iniciativa da União Europeia (UE) para promover hábitos saudáveis e uma dieta equilibrada entre as crianças, tendo em mente um grande objetivo: mudar os seus hábitos alimentares, para reduzir a obesidade infantil. 

O município aderiu ao programa no ano letivo 2009/2010, mantendo a sua implementação como uma mais-valia na promoção de alimentação saudável. O programa foi alargado ao pré-escolar. 

O programa prevê a distribuição de uma fruta ou legume, duas vezes por semana, a todas as crianças que frequentam o pré-escolar e o 1º ciclo do ensino básico, assim como a implementação de medidas de acompanhamento articuladas anualmente com os agrupamentos de escolas. Desta forma, pretende-se promover iniciativas educativas e de sensibilização, garantindo a eficácia do Programa e reforçando a importância do consumo de frutas e hortícolas.