Multinacional atrai investimento para o Instituto Politécnico de Viana do Castelo

0
828

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo assinou um memorando de entendimento com a multinacional canadiana Empowered Startups, com o propósito de atrair investimento estrangeiro direto para o Politécnico e empreendedores internacionais para a região, com destaque para as áreas da investigação científica.

 O memorando de entendimento enquadra-se na política de internacionalização do Politécnico de Viana do Castelo, que tem desenvolvido diversas ações e estabelecido vários acordos de cooperação, nomeadamente com instituições estrangeiras de ensino superior, assentes na premissa do intercâmbio de docente e pessoal não docente, na partilha de experiência e conhecimentos, mas também na dupla titulação.O documento agora celebrado, que irá permitir a cooperação científica e técnica, nomeadamente na área da investigação, foi assinado pelo presidente do Politécnico de Viana do Castelo, Carlos Rodrigues, que destacou que o memorando irá também “alavancar e permitir estreitar as relações entre o Politécnico de Viana do Castelo, que tem know how científico e tecnológico, e empresas estrangeiras, que tenham como objetivo receber esse conhecimento e apostar no mercado nacional”.

Como entidade socialmente responsável, o Politécnico irá aproveitar também este memorando de entendimento para alavancar a região do Alto Minho, atraindo investimento estrangeiro para a região, tornando “o território mais coeso, inclusivo e competitivo”, acrescenta o presidente do IPVC. O memorando irá, ainda, permitir o intercâmbio de docentes e investigadores, a cooperação em algumas áreas de ensino e a promoção de ações específicas de investigação, comercialização e formação, incluindo a realização conjunta de conferências, debates ou seminários.