“Requalificar o centro de saúde de Valença é urgente, necessário e estratégico”

0
507

A Câmara de Valença vai requalificar o centro de saúde do concelho, num investimento de cerca de dois milhões de euros, financiados pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Em comunicado, a autarquia explica que assinou o Contrato Interadministrativo de Colaboração com a ULSAM – Unidade Local de Saúde do Alto Minho que lhe permite avançar com a candidatura ao PRR, com vista à concretização da intervenção no Centro de Saúde de Valença, que consiste na requalificação da estrutura existente, datada de 1991, e na construção de um novo edifício”.

O presidente da Câmara de Valença, José Manuel Carpinteira, refere que “requalificar o centro de saúde é urgente, necessário e estratégico para dar uma resposta de serviços de saúde primários mais qualificados no nosso concelho”. “Trata-se de um investimento muito desejado e muito importante para Valença”, frisou.

Atualmente, o Centro de Saúde de Valença “dispõe de sete consultas hospitalares de especialidade, nomeadamente Endocrinologia, Pediatria, Oftalmologia, Psiquiatria, Psicologia, Hemoterapia e ainda Psicologia do CRI (quinzenalmente) para apoio aos toxicodependentes, que servem os utentes dos concelhos de Valença, Monção e Melgaço”, indica a Câmara.

O corpo clínico é constituído por 10 médicos e 10 enfermeiros.