Crédito Agrícola e Navigator celebram parceria para a gestão sustentável da floresta portuguesa

0
84

O Crédito Agrícola e a The Navigator Company anunciam uma parceria pioneira, destinada a fortalecer a produtividade da floresta portuguesa, que juntou o Presidente do Grupo Crédito Agrícola, Licínio Pina, e António Redondo, CEO da The Navigator Company, no edifício sede da empresa, em Lisboa.

Sob o mote “Juntos pela Gestão Sustentável da Floresta”, esta colaboração tem por base o “Clube de Produtores Florestais Navigator” (CPF), um projecto desenvolvido pela Navigator, no final de 2023, com o intuito de promover o aumento da gestão activa da floresta e a dinamização dos agentes do sector, criando iniciativas que potenciarão a modernização e desenvolvimento dos seus parceiros para gerar aumentos de produtividade, redução de risco de incêndio e a resiliência e  competitividade da fileira florestal.

A parceria surge de forma natural entre as duas entidades que partilham a mesma visão e compromisso com a sustentabilidade e com temas ESG (Environment, Social e Governance). Um alinhamento patente no Plano de Transição Net Zero do Crédito Agrícola, que está empenhado na redução das suas emissões de carbono, e no compromisso da The Navigator Company em promover uma gestão florestal mais sustentável.

A formalização da parceria inclui a dinamização e financiamento exclusivo para a fileira florestal, membros do Projecto, por parte do Crédito Agrícola. “O Banco está comprometido em apoiar iniciativas que promovam a sustentabilidade e a resiliência das nossas florestas. Esta parceria representa um grande passo no sentido de alcançarmos esses objectivos, contribuindo para um futuro mais verde e sustentável, reforçando o compromisso do Grupo Crédito Agrícola em praticar uma banca de proximidade, com foco nas oportunidades associadas à transição Net Zero.”, afirma o Presidente do Grupo Crédito Agrícola, Licínio Pina.

Por sua vez, a Navigator e o Crédito Agrícola assumirão o compromisso de acompanhar periodicamente o impacto do Projecto nas suas várias dimensões: ambientais, sociais e económicas

Por seu lado, António Redondo expressou entusiasmo pela colaboração, destacando que a parceria “permitirá capacitar ainda mais os produtores florestais e apoiar a promoção de práticas de gestão sustentáveis” e que “ajudará a dinamizar o Clube Produtores Florestais Navigator, que funciona como um hub agregador dos agentes da fileira florestal”.

Através desta iniciativa, o Crédito Agrícola e a Navigator pretendem impulsionar o desenvolvimento económico e a vitalidade das comunidades rurais em Portugal, combatendo a desertificação, promovendo a resiliência financeira e o crescimento da actividade económica dos agentes florestais. Adicionalmente, a parceria visa a mitigação do risco de incêndios e a manutenção dos serviços ecossistémicos das florestas portuguesas.

O Clube Produtores Florestais Navigator está a construir uma verdadeira rede colaborativa entre produtores florestais, fornecedores de madeira, prestadores de serviços e associações florestais, com base na partilha de conhecimento, acesso a apoios financeiros, benefícios de escala, e capacitação para a adopção de práticas inovadoras e sustentáveis de produção e gestão florestal em Portugal.