A Câmara de Monção viu aprovada a candidatura de mais de 1,56 milhões de euros que o município submeteu a fundos comunitários para a criação da “primeira Zona Empresarial Responsável (ZER)” do Norte do país. A candidatura da Zona Empresarial Responsável do Alto Minho (ZERAM), a instalar em Messegães, foi aprovada no âmbito do Programa de Apoio à Localização de Empresas de Baixa Densidade (Norte 2020), sendo que o “investimento elegível situa-se em 1.566.247,87 de euros, sendo comparticipado em 50%”. “A ZERAM assumir-se-á como um polo aglutinador e dinamizador da economia local com capacidade para atrair empresas, incentivar a criação de novas estruturas, valorizar o equilíbrio ambiental e aumentar os níveis de empregabilidade na região”, afirmou o presidente da Câmara, António Barbosa. A ZERAM, “a primeira Zona Empresarial Responsável (ZER) do Norte do país, é uma área de acolhimento empresarial com condições funcionais e atrativas para a competitividade das empresas, estando localizada num espaço total de 6,3 hectares, servido por uma área infraestruturada de 4,2 hectares (12 lotes industriais e um para serviços partilhados)”.