Centro de Interpretação do Castro do Vieito reabre nas I Jornadas do Património de Viana

O Centro de Interpretação do Castro do Vieito, na freguesia de Perre, em Viana do Castelo, vai reabrir no próximo sábado no âmbito das I Jornadas do Património que a Câmara de Viana do Castelo vai promover nos dias 25 e 26 de setembro.

A reabertura do centro interpretativo instalado na antiga escola primária de Perre vai incluir a apresentação do filme “Técnicas Milenárias – Castro do Vieito” e o lançamento de um desdobrável relativo à exposição permanente lá patente.

A vereadora Carlota Borges apresentou, esta quarta-feira, o programa desta primeira edição das Jornadas do Património de Viana do Castelo, salientando a presença de diversos especialistas da área. O arranque acontece pelas 9h00 desta sexta-feira, com o seminário “Contextos e Intervenções em Património”, no Auditório Lima de Carvalho do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

O seminário pretende dar a conhecer obras e intervenções, em bens culturais, do ponto de vista dos técnicos das várias áreas de conhecimento, abordando temas de conservação e restauro, bem como de intervenções arqueológicas em contexto de operações urbanísticas, públicas e privadas, e a forma como todas as áreas de intervenção contribuem para o desenvolvimento e conhecimento histórico dos sítios intervencionados.

O seminário irá abordar a intervenção na Citânia de Santa Luzia, o restauro da fachada da Igreja de Santa Cruz do Convento de São Domingos, bem como a Arqueologia no contexto de obra: Rua Arquiteto José Fernandes Martins. Será ainda apresentado o exemplo do Atelier Samthiago, com Intervenções em monumentos Património Mundial da UNESCO.

As jornadas incluem ainda, no primeiro dia, o lançamento de “Haerentia: Estudos monográficos de património” e uma visita à Igreja de São Domingos e à Citânia de Santa Luzia, também conhecida como Cidade Velha.