Encontros de Cinema de Viana lançam plataforma online para promover literacia fílmica nas escolas

Os XX Encontros de Cinema de Viana vão realizar-se entre 3 e 27 de novembro numa versão predominantemente online.

Esta edição, que devido à pandemia foi adiada de maio para agora, será dedicada à capacidade formativa e pedagógica do cinema e vai “celebrar o cinema com conferências, prémios, workshops e, acima de tudo, muitos filmes”, frisou a AO NORTE, associação organizadora do evento com a Câmara Municipal de Viana.

Devido à pandemia, e ao contrário das anteriores edições, os Encontros de Cinema não vão poder dinamizar nas escolas do concelho as habituais oficinas de literacia do cinema. Devido a esse constrangimento será lançada uma plataforma na Internet, denominada VER+CINEMA, destinada a promover a literacia fílmica em contexto escolar. Os conteúdos a disponibilizar têm como objetivo complementar e apoiar o visionamento de filmes em sala de cinema ou em auditório escolar.

Apesar desse constrangimento, são vários os momentos de partilha e discussão que, entre os dias 03 e 27 de novembro, juntam profissionais, estudantes, cineclubistas e público à volta do cinema. Um dos principais destaques da programação dos Encontros de Viana é a Conferência Internacional de Cinema. Este evento ocorre nos dias 3, 4, 5 e 6 e 13 de novembro e centra-se em duas temáticas: “Cinema e Escola” e “Cinema, Arte, Ciência e Cultura”.

A 9ª edição da Conferência Internacional de Cinema conta com 27 comunicações de professores e investigadores nas áreas de cinema e estudos culturais. Destaque para duas mesas redondas: Práticas de Cinema na Escola, no dia 3 de novembro, que fará um zoom nas atividades, planos e projetos realizados e produzidos em comunidades escolares de vários graus de ensino, tendo como foco o Brasil, e Práticas Cinematográficas na Escola, a 4 de novembro, com foco em Espanha, e que irá refletir sobre os diferentes aspetos que definem a realidade do cinema na escola: a introdução do cinema na sala de aula, a aprendizagem do cinema e as estratégias de ensino do uso do cinema na sala de aula.

Na programação dos Encontros de Cinema, destaque ainda para o Prémio PrimeirOlhar, uma secção competitiva que visa premiar trabalhos realizados por estudantes de cinema ou audiovisuais, provenientes de escolas de Portugal, Galiza, Brasil e outros países de Língua Portuguesa.

Os filmes candidatos ao prémio poderão ser vistos online nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de novembro, e os vencedores serão conhecidos no dia 21, numa sessão moderada por Pedro Sena Nunes. Os estudantes de 1º, 2º e 3º Ciclos e Secundário terão, também, uma secção competitiva através do AÇÃO06!, Festival de Vídeo Escolar. Os vídeos selecionados nas diferentes categorias poderão ser vistos online nos dias 9, 10 e 11 de novembro. No dia 11, o Júri do AÇÃO06! divulgará os vencedores. Na secção Trabalhos de Casa, que reúne projetos produzidos pela AO NORTE, destaque para a apresentação de quatro documentários realizados no âmbito do projeto internacional YEAD – Young European Audience Development (9 de novembro), das Histórias na Praça, vídeos que tiveram como protagonistas alunos das escolas de Viana do Castelo (dia 12) e a estreia de quatro documentários produzidos no âmbito do projeto Alto Minho 4D, da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho. Estas sessões, a realizar no Teatro Municipal Sá de Miranda, vão apresentar, no dia 25 de novembro, os documentários Do Megalitismo e Arte Rupestre e Das Arquitecturas Tradicionais, e, no dia 26, Dos Castros e Do Barroco. No dia 23, no Cinema Verde Viana, sessão especial de celebração da cinematografia nacional do século XXI, em colaboração com a Agência da Curta Metragem, com uma seleção de filmes de Manuel Mozos: I Know You Can Hear Me, 2010, Miguel Fonseca, Rhoma Acans, 2013, Leonor Teles, Penúmbria, 2016, Eduardo Brito, Amor, Avenidas Novas, 2018, Duarte Coimbra, Aquaparque, 2018, Ana Moreira e Sol Negro, 2019, Maureen Fazendeiro.

No âmbito da programação dos XX Encontros de Cinema de Viana será lançado o número 24 da coleção O Filme da Minha Vida – BOTH SIDES NOW, de Joana Mosi, a partir do filme A Lagosta, de Yorgos Lanthimos. A coleção faz-se do repto lançado pela AO NORTE a autores portugueses de BD para que criem um álbum inspirado num filme que tenha deixado marcas nas suas vidas. O Filme da Minha Vida tem como principais destinatários os interessados em BD e ilustração e os alunos do ensino secundário e superior. Esta iniciativa conta com a projeção do filme, encontro com a autora no dia 13 (Escola de Monserrate) e, no dia 14, no Espaço AO NORTE, apresentação do livro e abertura da exposição dos desenhos originais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*