Ministro courense integra comité da Unesco para definição de prioridades globais da Educação

O ministro da Educação, o courense Tiago Brandão Rodrigues, vai integrar, nos próximos dois anos, o Comité Diretor de Alto Nível do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 – Educação 2030 da UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. 

Este comité vai acompanhar a implementação do quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS 4) – Garantir o Acesso à Educação Inclusiva, de Qualidade e Equitativa, e Promover Oportunidades de Aprendizagem ao Longo da Vida para Todos – que ganha força na estrutura da UNESCO, ao ser garantida a necessária liderança política na definição de prioridades globais na área da Educação e na criação de incentivos para o compromisso de acelerar o progresso do ODS 4. 

O ministro natural de Paredes de Coura foi eleito, juntamente com o ministro da Educação, Juventude e Desportos francês, para representar o grupo regional da UNESCO designado “Europa Ocidental e América do Norte”. 

Este comité é co-presidido pela diretora-geral da UNESCO e por um chefe de Estado ou de Governo (a definir), sendo formado por ministros que representam os estados-membros, representantes de organizações intergovernamentais, de organizações multilaterais, da sociedade civil, entre outros, num total de 28 membros. 

Em suma, este Comité tem como responsabilidade fornecer orientação estratégica global para a formulação e implementação de políticas baseadas em evidências que facilitem atingir as metas do ODS 4; a monitorização do progresso do ODS 4 e a melhoria da disponibilização/uso dos dados existentes; a mobilização e uso mais eficiente de financiamento (nacional e internacional) para a Educação, garantindo uma maior harmonização e alinhamento entre parceiros.
O estabelecimento formal do Comité Diretor de Alto Nível do ODS 4-Educação 2030 será realizado à margem da 41a Sessão da Conferência Geral da UNESCO, a 10 de novembro, durante o segmento de Alto Nível da Reunião Global de Educação 2021.