Mercadona associa-se a campanha de recolha de alimentos

A Mercadona junta-se, uma vez mais, à campanha de Recolha de Alimentos, organizada pelo Banco Alimentar Contra a Fome, de 26 de novembro a 5 de dezembro. A empresa coloca à disposição desta campanha os seus pontos de venda para a angariação de fundos que, posteriormente, converterá em alimentos para entregar aos bancos alimentares dos distritos onde tem supermercados. 

“A Mercadona colabora nesta iniciativa social com o compromisso de motivar os clientes a participar nesta grande campanha solidária, que consiste na doação monetária, em múltiplos de 1 euro, que os clientes poderão realizar nas caixas de pagamento no momento da compra. As quantidades doadas serão convertidas em alimentos pela Mercadona, que depois os entregará aos respetivos bancos alimentares”, explicou a cadeia de supermercados.

De acordo com a Mercadona, entre janeiro e outubro, a empresa doou 1.050 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades sociais de Portugal, que correspondem a 17.500 carrinhos de compra. Deste total, 60 toneladas, destinaram-se a entidades sociais do distrito de Viana do Castelo.

A Mercadona colabora em Portugal com 25 cantinas sociais e quatro bancos alimentares entre, outras instituições que recebem diariamente doações para apoiar pessoas que se encontram em situações precárias.