Valença promoveu festival para pôr crianças e jovens a dançar

O primeiro festival internacional de dança de Valença contou com a participação de 10 escolas e cerca de 230 dançarinos portugueses e espanhóis.

Organizado pela ADEIXA com o apoio do Município de Valença, o Arte Dança Valença teve seis espetáculos que trouxeram a dança, nas suas múltiplas vertentes, ao Jardim Municipal e à Fortaleza. Espetáculos que pretendem fomentar o gosto pela dança em crianças e jovens de forma a que, nos próximos tempos, o número de praticantes possa aumentar.

“Com este evento dinamizámos e valorizámos o nosso ex-libris patrimonial, a Fortaleza de Valença, realizando vários espetáculos itinerantes de dança na Praça da República e no Jardim das Amoreiras. Reforçámos, ainda, o emblemático Jardim Municipal como ponto de centralidade e de encontro local, com os dois espetáculos noturnos que lotaram o espaço com centenas de pessoas em cada um dos dias”, descreveu o autarca José Manuel Carpinteira.

O festival teve a participação da Arca Dance Studio, de Barcelos; Unidance, Ldanza, Coruxo Dance, de Vigo; BS Danza, de Santiago de Compostela; Fita Novas, de Pontevedra, Adeixa Dance School, de Vila Nova de Cerveira e Valença; Ldanzia, de Gondomar (Espanha), Academia Fernanda Canossa, do Porto e Escuela de Danza Deborah, de Pontevedra. Contou, ainda, com a colaboração do grupo ArteRia Vigo.