“Minhotas determinadas” dos Arcos são campeãs nacionais

A Academia Desportiva de Arcos de Valdevez sagrou-se campeã nacional de clubes da III divisão. As 11 atletas, que a Federação Portuguesa de Atletismo apelidou de “minhotas determinadas”, competiram em várias disciplinas e deixaram claro que o pódio era o objectivo. 

No primeiro dia da competição, a turma arcuense terminou a jornada com a pontuação máxima em duas provas: o salto em comprimento, onde Carolina Sousa ultrapassou pela primeira vez a barreira dos 5m, terminando com 5,10m, e os 400m com a Viviane Cunha que depois de liderar os primeiros 300m, resistiu ao regresso nos últimos metros de uma adversária e assegurou de forma segura a vitória. No segundo dia, a Academia abriu a jornada a vencer os 100m barreiras, o triplo salto com Celina Peneda e o salto com vara através da Benedita Amorim, esta última batendo o record regional que já lhe pertencia. Seguiu-se uma luta épica até á última prova, a estafeta 4x400m, e as atletas da Academia, com um total de 122 pontos, alcançaram o mais alto lugar do pódio, deixando a União de Tomar e a Juventude Ilha Verde (Açores) em segundo e terceiro respetivamente. 

“Para a história fica a conquista de Paula Costa, Tânia Anis, Juliana Galvão, Celina Peneda, Viviane Cunha, Daniela Fornelos, Benedita Amorim, Stacy Canossa, Carolina Sousa, Letícia Rodrigues e Regina Amorim, grupo aguerrido que pela persistência, tenacidade e perseverança, vai acreditando no processo e vai levando o nome de Arcos de Valdevez aos lugares mais alto das pistas de atletismo nacional”, realçou o clube.