“Viana do Castelo é um exemplo na transição digital”

0
530

O secretário de Estado da Digitalização e da Modernização Administrativa considerou que Viana do Castelo está a afirmar-se como “embaixadora da transição digital” do país. Mário Campolargo salientou a aplicação da tecnologia ao serviço do cidadão que sobressai na Estratégia para a Transição Digital apresentada pela Câmara de Viana do Castelo. “Esta estratégia é mais um passo de Viana do Castelo na afirmação como embaixadora da transição digital do nosso país”, afirmou o governante, considerando que se trata de um exemplo “francamente impressionante” por se aplicar ao poder local, mas também ao país. Mário Campolargo lembrou que Portugal preside um grupo das Nações Mais Digitais do Mundo, o que considerou ser motivo de orgulho porque a transição digital abrange todos e é um desígnio para Portugal. “Viana do Castelo é um exemplo nesta área”, frisou ainda.

A Estratégia para a Transição Digital de Viana do Castelo incluiu um roteiro e a Agenda Viana Digital. O presidente da Câmara, Luís Nobre, indicou que esta Agenda Viana Digital “pretende “afirmar o território e o trabalho em conjunto”, já que “as cidades são o coração, mas “os outros órgãos são fundamentais porque representam um território como um todo”. “O campeonato da transição digital vai impactar todos os desafios dos cidadãos. Esta é uma agenda criada por pessoas, mas que vai impactar as pessoas e todo o concelho para cumprir dois desígnios que são a Coesão Territorial e Coesão Social e impactar positivamente todos os cidadãos”, referiu o autarca.

O consultor para a Inovação e Transição Digital do Município de Viana do Castelo, António Teixeira, defendeu que os projetos digitais têm como objetivo uma “cidade inteligente e sustentável”. A Agenda Viana Digital será alvo de consulta pública para recolher contributos dos cidadãos, instituições, empresas, entre outros agentes. Referiu ainda que esta agenda será implementada em sete espaços digitais:  Vida Urbana, Mobilidade e Energia, Conhecimento e Educação, Economia e Trabalho, Cultura e Criatividade, Desporto e Vida Digital e Respostas Sociais. Na sessão, foi apresentada a Sirene, aplicação móvel desenvolvida pelo Sistema de Informação Geográfica (SIG) da Câmara Municipal e pela PSP de Viana do Castelo. Foi igualmente apresentada a aplicação movel Viana Acessível, desenvolvida pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo e a Câmara Municipal.

Na apresentação pública, foi ainda assinado o termo de adesão que permite a criação do primeiro Balcão SNS24 Móvel em Portugal, a funcionar na Unidade Móvel de Saúde que a autarquia vianense criou em parceria com o Centro Humanitário do Alto Minho – Cruz Vermelha Portuguesa, no âmbito do programa municipal Saúde Mais Próxima, para reforçar a rede de cuidados de saúde de proximidade no concelho.