“Maio moderadamente fresco com picos de temperatura elevada e precipitação concentrada e irregular “

0
711

Relatório climático de maio de 2024 do MeteoFreixo

Segundo o Gonçalo Sousa, do Centro e Estudos Climáticos do MeteoFreixo, o mês de maio foi ligeiramente mais fresco pois registou-se um valor de – 0,2ºC (15,6ºC), em relação à normal do mês (15,8ºC). Aliás, a temperatura média de 15,6ºC em maio foi precisamente a mesma do mês anterior, abril, este sim, bastante quente em relação à normal. Na sequência do que tem acontecido nos meses anteriores, a precipitação de maio voltou a ser bastante significativa com + 72%. Apesar do quantitativo significativo, o regime de pluviosidade teve um caráter bastante irregular ao longo do mês.

Termograma de maio de 2014

Numa visão com mais pormenor, maio esteve uma grande parte abaixo da média com exceção no período entre 7 a 10, dia 24, e o período de 27 a 31, totalizando 10 dias com temperaturas abaixo da média. O valor médio foi um pouco abaixo do normal (-0,2ºC), uma vez que foram registados curtos períodos muito quentes.

De salientar a subida significativa entre os dias 8, 9 e 10 com temperaturas médias acima dos 21ºC. Estes dias muitos quentes sucederam a 10 dias consecutivos de temperaturas abaixo da média. Nos últimos 5 dias de maio (de 27 a 31) registou-se uma grande subida com a média do dia 31 a chegar mesmo aos 23,8ºC. Ainda assim, as temperaturas foram quase sempre mais baixas ou próximas da média, no entanto também houve dias muito quentes com médias superiores aos 20ºC. Portanto, este mês de maio acabou por estar próximo da média mensal, apenas tendo uma descida de 0,2ºC. Podemos resumir que foi um mês fresco, intercalado por períodos curtos bastante quentes.

Pluviograma de maio 2024

Em relação à precipitação, este mês foi chuvoso ao registar 194.5 mm, bastante acima da média de 113 mm (+72%). No entanto se analisarmos ao pormenor a distribuição da precipitação, ela concentrou-se nos primeiros 5 dias do mês de maio. Na primeira semana registaram-se 145 mm de precipitação acumulada, com destaque para o dia 5 com 76,5 mm. Nesse dia choveu 73,6% daquilo que é suposto acontecer durante o mês de maio. O resto do mês registou uma precipitação pouco significativa com valores modestos (inferiores a 5 mm), exceto os dias 13 e 16 que tiveram respetivamente 12,5 mm e 15 mm de precipitação acumulada. A precipitação de 72% acima da média não teve grandes consequências no bem estar das populações a atividades económicas. 

Análise comparativa

Depois do mês de abril pouco chuvoso, maio voltou à tendência dominante deste ano 2024 que está a ser bastante pluvioso e a garantir um bom encaixe de caudal nas barragens do Lima, Cávado e Ave. Segundo dados do sistema nacional de informação dos recursos hídricos (APA – Agência Portuguesas do Ambiente), no final de maio, as barragens do Lima estavam com 76%, Cávado com 90% e Ave com 94%, todas elas acima da capacidade normal para a época (74 a 77%). Ao nível da temperatura, os valores amenos deste mês foram iguais às médias registas em abril, o que não é normal. Quanto à anomalia termopluviométrica, o desvio do mês de maio foi ao nível da precipitação e moderadamente fresco. Ainda assim, o ano 2024 tem denotado uma prevalência para ser quente, tendo em conta os desvios significativos de temperatura registados em janeiro, fevereiro e abril.

Previsão do mês de junho

A previsão para o mês de junho na região Minho é de alguma instabilidade atmosférica, sobretudo sentida na temperatura e alternância entre semanas de sol e aguaceiros com possibilidade de trovoadas. Essa instabilidade será, sobretudo, sentida na segunda e quarta semanas, enquanto as temperaturas prevêem-se dentro dos padrões normais de junho, embora mais quente na primeira e quarta semana.