Estudantes das escolas secundárias apresentam 30 projetos na Universidade do Minho

0
559

A Universidade do Minho promove esta sexta-feira, dia 26, o I Congresso Inteligência Artificial & Sustentabilidade (IAS), para aproximar estudantes, professores e investigadores dos ensinos secundário e superior. A iniciativa ocorre das 9h30 às 17h30, nos auditórios B1 e B2 do campus de Gualtar, em Braga, e tem entrada livre. Prevê-se a participação de 160 alunos do 9º ao 12º anos do distrito de Braga, que vão apresentar 21 comunicações, 10 posters e um vídeo, havendo prémios para os melhores trabalhos no final. Há ainda quatro palestras de cientistas da UMinho e uma mesa redonda que junta autarcas, docentes e estudantes.

A sessão de abertura conta com o Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, a Pró-reitora para os Projetos Científicos e Gestão da Investigação, Sandra Paiva, a Pró-reitora para a Comunicação, Teresa Ruão, e o coordenador dos Embaixadores IAS e professor da Secundária de Barcelinhos, Rui Baptista. Seguem-se as comunicações dos alunos, que depois prosseguem de tarde.

Os seus trabalhos são inspirados na temática da Inteligência Artificial & Sustentabilidade, tendo os alunos tido oportunidade de interagir com investigadores da UMinho. Alguns exemplos dos trabalhos incluem uma app ambiental, uma carpete inteligente, um assistente digital de poupança, um babywalker e um robô interativo, além de sensores marinhos e satélites detetores de incêndios, entre outros. No hall vizinho vão ficar também patentes posters e produções artísticas dos alunos, aludindo a temas como a poluição digital, ecopontos inovadores ou uma casa em Marte.

Após o almoço, realiza-se às 14h30 uma mesa redonda com intervenções da vice-presidente do Município de Guimarães, Adelina Pinto, dos professores Filipe Lima (Escola Secundária Padre Benjamim Salgado), Paulo Novais (Escola de Engenharia da UMinho) e Lígia Pinto (Escola de Economia e Gestão da UMinho) e a estudante e presidente-adjunta da Associação Académica da UMinho, Joana Fraga.

O projeto IAS integra “consultores” da UMinho, ou seja, cientistas e docentes seus que têm interagido com as secundárias ao longo do ano letivo. Quatro deles vão proferir palestras no evento, ao estilo “TED Talk”. Às 12h00, Sónia Moreira fala do uso de inteligência artificial nos tribunais e Dalila Durães explora soluções inteligentes para o bem-estar nas grandes cidades. Às 16h10 é a vez de Adriana Sampaio incidir na inteligência artificial ligada à cognição e às emoções no cérebro e de Giogio Pace detalhar a poluição dos plásticos nos rios. A sessão de entrega dos prémios e encerramento está marcada para as 17h00, com a presença do Vice-reitor para a Investigação e Inovação, Eugénio Campos Ferreira.

Esta primeira edição envolve vários estabelecimentos de ensino dos concelhos de Barcelos, Braga, Esposende, Fafe, Famalicão e Guimarães. O projeto IAS pretende dinamizar atividades entre a UMinho e as escolas, câmaras municipais e empresas do Norte de Portugal, gerando um ambiente de partilha de ideias, de experiências e de práticas, além de estimular o público-pré-universitário para a investigação científica e a oferta formativa desta academia. Cada edição vai ter um tema diferente e procurar reforçar ligações a outros parceiros.