“Viva la vida” foi o jardim preferido do público no Festival Internacional de Ponte de Lima

0
536

O jardim “Viva la Vida”, da autoria da arquiteta paisagista Victoria Magnano, da Argentina,  foi o mais votado pelo público que visitou o 18.º Festival Internacional de Jardins (FIJ) de Ponte de Lima, com o tema “Jardins Saudáveis”.

O segundo lugar foi atribuído pelo público ao “Jardim terapéutico” de três alunas da Vistula University (Polónia), Maja Piwowarczyk, Marlena Piwowarczyk e Weronika Łuczyk. O jardim “O Futuro da Paisagem”, projetado no Brasil por Ana Barros, designer de interiores e estudante de paisagismo, Adriana Machado, lojista e estudante de paisagismo, e Francisco da Silva, publicitário e estudante de paisagismo, ficou em terceiro lugar. No que respeita à 8.ª edição do Festival de Jardins Escolinhas, que decorreu em simultâneo com o Festival Internacional de Jardins, o projecto mais votado pelo público e, em simultâneo, pelo Júri do FIJ foi “O Nosso Corpo é o Nosso Jardim” da autoria da turma 4.º F do Centro Educativo da Facha, sob a orientação da Professora Odete Rego. Segue-se, em segundo lugar, “Um Jardim para Todos” da sala 2 do Jardim de Infância do Centro Educativo de Freixo, sob a coordenação da Educadora Ana Paula Maia, e, em terceiro lugar, o “Jardim Encantado” das salas 1 e 2 do Jardim de Infância de Cepões, orientado pelas Educadoras Clara Araújo e Generosa Gomes. O Jardim “Viva la Vida” e “O Nosso Corpo é o Nosso Jardim”, vão manter-se em exposição em 2024, no 19.º Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima que terá como tema “O Imaginário na Arte dos Jardins”. O certame do próximo ano recebeu 21 propostas de vários países e a direcção e o júri do festival já escolheu os 11 projectos.  e em dezembro será realizado um “webinar” com o objetivo de reunir e apresentar todos os autores dos projetos que irão integrar a próxima edição. Será ainda realizada a apresentação de cada projeto e a forma de implementação do mesmo para que, em janeiro, todos os trabalhos de construção possam iniciar através da Equipa de Espaços Verdes do município.