“Benjamins da AD Chafé aprendem a importância do respeito e da entreajuda”

0
934

Os benjamins da Associação Desportiva de Chafé entram em campo “ensinados” com a metodologia “muito própria” da escola de futebol do Benfica e sabem que o “respeito, o espírito de equipa, de entreajuda e a capacidade de resiliência” são valores primordiais no seu desenvolvimento. O treinador Luis Costa salienta a importância do envolvimento dos pais no contexto da formação em prol da felicidade dos filhos. Natural de Viseu, Luís Costa “bateu” à porta da Associação Desportiva de Chafé, fez um estágio e cumpre atualmente a segunda época à frente da equipa de benjamins, onde treina cerca de 15 atletas nascidos entre 2014 e 2015.  Dado que há uma parceria com “a escola de futebol do Benfica”, há “uma metodologia muito própria”, mas os objetivos são comuns a outros clubes: o desenvolvimento integral do atleta, tanto a nível físico como psicológico. “O que está perspetivado é desenvolvermos os atletas e ajudá-los a ter as ferramentas necessárias para se desenvolverem na sua plenitude. Se um dia vão chegar a seniores ou não, esperemos que sim, é para isso que se trabalha. Mas também depende do nível senior. A profissional, se calhar, só 1% é que lá chega”, lembrou o técnico de 46 anos, 

LEIA A ENTREVISTA COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA SEMANA DO “ALTO MINHO”