“Querem destabilizar a dinâmica da relação entre o Alto Minho e a Galiza”

O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Rio Minho manifestou “profunda preocupação” com a “confusão e consternação” que as novas medidas de prevenção da covid-19, estão a gerar nos residentes no Norte de Portugal e Galiza. Em comunicado, o organismo adiantou que entre “os novos condicionalismos impostos pelo Governo português nas fronteiras terrestres, desde quarta-feira, a apresentação de resultado negativo de teste PCR (72h) ou antigénio (48h) para entrar em Portugal, por via terrestre, tem gerado um ambiente de grande confusão na sua interpretação”.

“Contribui para destabilizar e comprimir a dinâmica social e funcional tão ‘sui generis’ destes territórios de fronteira, em particular de ambas as margens do rio Minho”, refere o organismo, na nota conjunta diretor, o presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira e do vice-diretor e deputado de Cooperação Transfronteiriça da província de Pontevedra, Uxío Benitez Fernandez. Ambos decidiram solicitar, “com caráter de urgência, uma audiência ao ministro da Administração Interna”.

O AECT Rio Minho disse estar “surpreendido com a introdução de novas medidas que condicionam a mobilidade regular nas regiões de fronteira, sensivelmente um mês depois dos Governos de Portugal e Espanha terem assinado um novo tratado de amizade e cooperação, na cimeira luso-espanhola”.

No entanto, acrescenta o AECT do rio Minho, “o enquadramento para a livre circulação de residentes destas zonas de fronteira apresenta-se de difícil interpretação”. “A proximidade social entre as populações raianas do rio Minho tem como base a inexistência de fronteiras. As suas rotinas diárias concretizam-se, quer de um lado quer do outro da margem, sem pensar se está em Portugal ou Espanha, mas sim por estarem a desfrutar de um território comum”. O AECT Rio Minho voltou a insistir que, agora, “mais do que nunca, é imperioso implementar, com caráter urgente e efetivo” as medidas saídas da última cimeira luso-espanhola.